Terça-feira, 12 de dezembro de 2017
Caixa Econômica Federal

CEF amplia o GDP


22/08/2017
Jornal Bancários na Luta, edição 3

A Caixa Econômica Federal iniciou em agosto a ampliação do programa Gestão de Desempenho de Pessoas (GDP) para todos os empregados. A medida, que está prevista na mais recente versão do normativo RH 205, publicada em julho, atinge a totalidade dos trabalhadores que tenham concluído o período de contrato de experiência e que não estejam cedidos, requisitados ou liberados.

O GDP utiliza critérios subjetivos para avaliar o desempenho dos empregados, muitas vezes com base em metas inatingíveis. Assim, os bancários são classificados como ?incipientes, emergentes (quatro níveis), eficazes, superiores em estilo, superiores em resultado ou excepcionais?. Absurdo!

A implantação do GDP começou em 2015, sem qualquer discussão com os representantes dos empregados. Foi suspenso por um ano (na vigência do ACT 2015-2016), mas agora o governo Temer o retoma, para ser mais um instrumento de pressão nesse momento de reestruturação da Caixa.

Sindicato dos Bancários de Bauru e Região já prepara medidas jurídicas para impedir a volta do GDP. ?Ele é só um instrumento para legitimar e facilitar o descomissionamento?, avalia Alexandre Morales, diretor do Sindicato e bancário da CEF.


Sindicato dos Bancários e Financiários de Bauru e Região
Rua Marcondes Salgado, 4-44, Centro - CEP 17010-040 - Bauru/SP
Fone (14) 3102-7270 Fax (14) 3102-7272 - contato@seebbauru.com.br