Quarta-feira, 13 de dezembro de 2017
Últimas Notícias

Deputados salvam Temer pela segunda vez


17/11/2017
Bancários na Luta, edição 12

No último dia 25, a Câmara dos Deputados decidiu arquivar a segunda denúncia que a Procuradoria-Geral da República (PGR) apresentou contra o presidente Michel Temer, no caso, por obstrução da Justiça e organização criminosa. A denúncia ainda incluía os ministros Eliseu Padilha (Casa Civil) e Moreira Franco (Secretaria Geral da Presidência).

Foram 251 votos favoráveis ao relatório do deputado Bonifácio de Andrada (PSDB-MG), que recomendava o arquivamento da denúncia, e 233 contrários. Houve, ainda, duas abstenções e 25 ausências. Para que a denúncia fosse enviada ao Supremo Tribunal Federal (STF), eram necessários 342 votos contrários ao relatório, de um total de 513 deputados.

Uma boa parte, sem ter coragem de sair em defesa de Temer, votou a favor do relatório alegando que o presidente será julgado em 2019, depois de encerrado o mandato. Vergonha!



Mas o resultado já era esperado, vindo deste Congresso onde há alguns meses a primeira denúncia também foi rejeitada graças à oportunista liberação de verbas para emendas parlamentares.

Estima-se que nas semanas anteriores à votação da segunda denúncia cerca de R$ 12 bilhões do dinheiro público foram torrados com mecanismos de perdão de dívidas (como o desconto de 60% em multas ambientais não pagas pelo setor ruralista), além da liberação de R$ 800 milhões em emendas e distribuição de cargos.

Fora, Temer!

Depois de se livrar dessa segunda denúncia, o governo Temer o Congresso falam em retomar uma pauta positiva,em outras palavras, aprovar medidas para favorecer os banqueiros, grandes empresários e ruralistas. Por isso, mais do que nunca, os trabalhadores precisam se mobilizar.


Sindicato dos Bancários e Financiários de Bauru e Região
Rua Marcondes Salgado, 4-44, Centro - CEP 17010-040 - Bauru/SP
Fone (14) 3102-7270 Fax (14) 3102-7272 - contato@seebbauru.com.br