Terça-feira, 12 de dezembro de 2017
Últimas Notícias

Malefícios da reforma trabalhista


27/11/2017
Bancários na Luta, edição 13

O Sindicato dos Bancários de Bauru e Região continuará lutando para que a reforma trabalhista não seja aplicada na prática. Para isso, o bancário deve ter consciência dos malefícios que nova lei está trazendo para o seu contrato de trabalho.

A nova lei trabalhista, por exemplo, revogou o parágrafo 1º do artigo 477 da CLT: "O pedido de demissão ou recibo de quitação de rescisão de contato de trabalho firmado por empregado com mais de 90 (noventa) dias de serviço só será válido quando feito com a assistência do respectivo sindicato ou perante a autoridade do Ministério do Trabalho e Previdência Social ou da Justiça do Trabalho."



O Sindicato acompanhará se os bancos tentarão realizar as homologações por fora da entidade. Caso isso venha a ocorrer, o bancário deve, imediatamente, entrar em contato com a entidade pelo telefone 3102-7270 e denunciar seu banco.

A homologação é a hora em que o Sindicato e seus advogados podem alertar o trabalhador sobre possíveis irregularidades na rescisão do contrato, colocando, inclusive, ressalvas sobre direitos não respeitados. Há uma série de cláusulas na CCT dos bancários que tratam especificamente dos demitidos (sobre manutenção do plano de saúde, verba para cursos de recolocação profissional, etc.) e é mais comum do que se imagina os bancos "ignorarem" esses pontos.

Portanto, não aceite homologar sua demissão no próprio local de trabalho! Procure o Sindicato!


Sindicato dos Bancários e Financiários de Bauru e Região
Rua Marcondes Salgado, 4-44, Centro - CEP 17010-040 - Bauru/SP
Fone (14) 3102-7270 Fax (14) 3102-7272 - contato@seebbauru.com.br